Home PolíciaAgente/Escrivão Concurso da Polícia Federal: Concurso autorizado pelo Ministério da Economia!

Concurso da Polícia Federal: Concurso autorizado pelo Ministério da Economia!

por Rayssa Leal

Atenção, concurseiros: conforme informações extraoficiais, o Ministério da Economia autorizou a realização de um novo Concurso PF! Saiba mais:


Autorização oficial deve sair nos próximos dias

Conforme informações internas à Corporação, o Ministério da Economia, em reunião realizada ontem, autorizou a realização de um novo concurso. A publicação da autorização deve ser publicada de forma oficial nos próximos dias.

Com isso, a expectativa pela publicação do edital cresce ainda mais! É hora de intensificar os estudos e chegar ainda mais preparado para cada etapa do certame!

Edital em breve

Vale lembrar que durante cerimônia de formatura dos novos policiais federais, realizada no dia 08/10, o presidente da República, Jair Bolsonaro, afirmou que o edital para concurso da Polícia Federal está em fase de finalização! Além disso, de acordo com informações divulgadas por Luís Antônio Boudens, presidente da Federação Nacional dos Policiais Federais (Fenapef), em entrevista para a Folha Dirigida, a contratação da Banca Organizadora do Concurso PF será realizada em outubro. Boudens ainda afirmou que há previsão pela realização de um concurso para a área administrativa.

Lembramos que o anúncio da autorização do concurso já foi realizado pelo presidente da República anteriormente, no mês de Agosto. O presidente afirmou que após conversas tidas com os ministros da Economia e da Justiça e Segurança Pública resolveu por autorizar o certame que conta com 2.000 vagas.

Banca em outubro

A informação foi divulgada pelo presidente da Federação Nacional dos Policiais Federais (Fenapef), Luís Antônio Boudens. De acordo com ele, a Banca Organizadora deve ser contratada até outubro, e o edital deve ser publicado em dezembro.

Boudens também foi questionado sobre um concurso para a área administrativa, ele disse:

Há uma discussão interna ainda sobre uma melhor distribuição para os cargos, como para Peritos e servidores administrativos (níveis intermediário e superior). Também tem a unificação de cargos. Mas nada disso impede os trâmites do concurso público que irá acontecer ou ainda para um próximo certame.

Confira nossa Transmissão sobre o novo concurso!

Documento traz suposta distribuição de vagas

Um documento que circula na internet revela a suposta distribuição de vagas do próximo Concurso da Polícia Federal. De acordo com ele, as vagas serão distribuídas da seguinte forma:

  • 1.016 vagas – Agente
  • 300 vagas – Delegado
  • 600 vagas – Escrivão
  • 84 vagas – Papiloscopista
  • 508 vagas – Agente Administrativo

O Deputado Federal e Policial Federal Ubiratan Antunes Sanderson (RS) também compartilhou a informação em suas redes sociais:

concurso policia federal - deputado

Em entrevista concedida na segunda-feira, 3 de agosto, o vice-presidente da Associação Nacional dos Delegados da Polícia Federal (ADPF), delegado Luciano Leiro, destacou a importância do novo concurso, frente o número de cargos vagos:

“A Polícia Federal hoje tem mais de 4 mil cargos vagos, então o novo concurso vem a ocupar parte das vagas que ainda existem. Estamos lutando por um planejamento para que tenhamos concursos todos os anos justamente para que não fique esse ‘vácuo’ dentro da corporação. Foi uma ótima notícia.”

Suposto novo cronograma

A informação que circula na internet é de que um novo cronograma para o concurso foi divulgado, veja detalhes das datas de acordo com ele:

  • Publicação do edital – dezembro de 2020
  • Provas objetivas e discursivas – 11 de abril de 2021
  • TAF – junho de 2021
  • 1º Curso de Formação Profissional – janeiro de 2022
  • 2º Curso de Formação Profissional – julho de 2022

Reiteramos que a informação não foi confirmada por fontes oficiais e portanto, pode não ser verídica. Anteriormente um cronograma havia sido vazado. De acordo com ele, haveriam dois editais e eles seriam divulgados em outubro e novembro:

Possível cronograma do Concurso da Polícia Federal

Concurso da Polícia Federal ofertará cerca de 2 mil vagas!

Na última sexta-feira, 31/07, o Ministro da Justiça e Segurança Pública anunciou, em entrevista ao programa “Pingo nos Is” da Jovem Pan, que está preparando junto ao presidente Jair Bolsonaro e ao Ministro da Economia, Paulo Guedes, um novo concurso da Polícia Federal com cerca de 2 mil vagas.

Na entrevista, que pode ser vista na íntegra logo abaixo, o Ministro afirma que

“A partir de uma reunião que tivemos essa semana, eu, o Presidente da República e o Ministro Paulo Guedes, nós estamos preparando os trâmites internos para abrirmos um concurso com cerca de 2 mil vagas para a Polícia Federal. Nós vamos ter o maior efetivo da história da Polícia Federal justamente para o combate à criminalidade organizada”

A afirmação é muito interessante para todos os que sonham com um das diversas oportunidades que serão oferecidas. Há alguns meses foi confirmado o envio de um pedido com 1.508 vagas para os mais diversos cargos das carreiras policial e administrativa. A nova informação do Ministro da Justiça sugere um adicional de aproximadamente 500 vagas!

Enviado pedido com 1.508 vagas

O pedido de realização de novo Concurso da Polícia Federal foi feito ao Ministério da Economia, através do Ministério da Justiça. O pedido foi confirmado pela assessoria da Polícia Federal e da Federação Nacional dos Policiais Federais (FENAPEF).

De acordo com informações da própria PF, não se trata de um novo pedido, mas sim do mesmo pedido feito no ano passado, porém atualizado com novas informações. O pedido anterior havia sido indeferido pelo Ministério da Economia.

Senado aprova MP que reorganiza PF

No dia 25 de maio, o Senado Federal aprovou a Medida Provisória n. 918/2020 que propunha uma nova organização para a corporação federal. O texto da MP previa a criação de alguns cargos e a transformação de 281 cargos em comissão em 338 funções comissionadas e em 6 funções gratificadas. Além disso, foram criadas 45 funções comissionadas e 471 gratificadas.

Cargos Disponíveis

De acordo com informações da própria PF em abril deste ano estavam disponíveis 4.279 cargos vagos, distribuídos da seguinte forma:

  • Delegado — 505 cargos vagos;
  • Perito Criminal — 93 cargos vagos;
  • Agente — 2300 cargos vagos;
  • Escrivão — 931 cargos vagos;
  • Papiloscopista — 101 cargos vagos;
  • Agente Administrativo — 349 cargos vagos.

Remuneração e Benefícios

– Delegado da Polícia Civil

CategoriaRemuneração
EspecialR$ 30.936,91
PrimeiraR$ 27.846,74
SegundaR$ 24.298,42
TerceiraR$ 23.692,74

– Agente, Escrivão e Papiloscopista

ClasseRemuneração
EspecialR$ 18.651,79
1ª ClasseR$ 15.267,27
2ª ClasseR$ 13.044,41
3ª ClasseR$ 12.522,50

– Benefícios

Além da remuneração base, todos recebem auxílio alimentação no valor de R$ 458,00. Além disso, os policiais lotados nas regiões de fronteira recebem uma indenização de R$ 91,00 por dia trabalho, o que pode gerar ganhos em torno de R$ 2 mil por mês.

– Cargos admnistrativos

O pedido feito ao Ministério da Economia também incluía alguns cargos administrativos, vejamos a remuneração inicial de cada um:

CargoRemuneração Inicial
Médico*R$ 4.881,47
AdministradorR$ 5.776,47
Assistente SocialR$ 5.776,47
PsicólogoR$ 5.776,47
ArquivistaR$ 5.776,47
EnfermeiroR$ 5.776,47
FarmacêuticoR$ 5.776,47
*20h semanais

– Carga Horária

Os cargos administrativos possuem carga horária de 40h semanais, com exceção do cargo de médico, que possui carga horária de 20h. No entanto, os médicos poderão fazer carga horária de 40h/semana, mediante opção funcional, desde que observados o interesse da administração e a disponibilidade orçamentária e financeira. Neste caso, a remuneração inicial sobe para R$ 7.841,95.

Requisitos dos Cargos

Atualmente, todos os cargos policiais exigem nível superior completo. No entanto, a comprovação é feita na posse, ou seja, é possível se inscrever no concurso se você estiver na reta final do seu curso de graduação, fazer as provas, finalizar a graduação e então ser empossado.

Para os cargos de Agente, Escrivão e Papiloscopista também são aceitos os cursos de tecnólogos.

Os cargos administrativos e de apoio podem exigir nível médio ou superior, a depender.

Além desse requisito, é necessário que o candidato possua idade entre 18 e 75 anos na data da posse e Carteira Nacional de Habilitação categoria “B” ou superior.

O cargo de Delegado da Polícia Federal exige, exige graduação específica no curso de Direito, além da comprovação de 3 anos de atividade jurídica ou policial no ato da posse.

Último Concurso da Polícia Federal

O último concurso da Polícia Federal foi realizado em 2018, a banca organizadora foi a CEBRASPE. Na época, ele recebeu um total de 147.744 inscritos. No entanto, apesar de ser um número expressivo, a taxa de abstenção foi muito alta. 35 mil candidatos não compareceram para a prova. Isso significa um total aproximado de 30,73% de abstenção para o cargo de Delegado e 22,68% para os demais cargos. O concurso ofertou 500 vagas imediatas.

Etapas do Último Concurso da Polícia Federal

O último concurso da Polícia Federal foi composto por duas etapas, a primeira sendo composta por diversas fases de prova e a segunda por um Curso de Formação Profissional.

Primeira Etapa:

  • Prova Objetiva;
  • Discursiva;
  • Exame de Aptidão Física;
  • Prova Oral (apenas para o cargo de Delegado);
  • Prática de Digitação (apenas para o cargo de Escrivão);
  • Avaliação Médica;
  • Avaliação Psicológica;
  • Prova de Títulos (apenas para os cargos de Delegado e Perito Criminal).

Segunda Etapa:

Curso de Formação Profissional organizado pela Academia Nacional de Polícia, que será realizado no Distrito Federal, por um período de 5 meses (equivalente a 850 horas-aulas). Além disso, o candidato pode desenvolver atividades em qualquer unidade da Federação, a critério da Administração.

Durante o Curso de Formação, o aluno receberá uma bolsa correspondente a 50% do valor da remuneração inicial do cargo.

– Prova Objetiva

A Prova Objetiva do Concurso da Polícia Federal teve duração de 5h e foram aplicadas no período da tarde, exceto para o cargo de Delegado, que teve 4h e foi aplicada pela manhã.

Confira abaixo o conteúdo programático para cada um dos cargos:

BlocoAgenteEscrivãoPapiloscopista
Bloco ILíngua Portuguesa
Noções de Direito Administrativo
Direito Penal e Processual Penal (noções)
Legislação Especial
Noções de Direito Constitucional
Estatística
Raciocínio Lógico
Bloco IIInformática
Bloco IIIContabilidade GeralContabilidade GeralArquivologia
ArquivologiaBiologia
Física
Química
Delegado da Polícia Federal
Administrativo
Constitucional
Direito Civil
Processual Civil
Empresarial
Direito Internacional Público e Cooperação Internacional
Penal
Direito Processual Penal
Criminologia
Direito Previdenciário
Direito Financeiro e Tributário

– Exame de Aptidão Física

São convocados para essa fase apenas os classificados nas anteriores.

O Exame de Aptidão Física da Polícia Federal é composto de quatro testes:

Teste FísicoHomensMulheres
Barra fixa*De 3 a 15 flexõesDe 15 a 35 segundos de sustentação
Impulsão horizontalEntre 2,07 e 2,28mEntre 1,59 e 1,90m
Natação (50m)Em até 44sEm até 54s
Corrida (12 min)Entre 2,35 e 2,71mEntre 2,02 e 2,34m
*Para os homens, o teste de barra fixa é feito em flexões, já para as mulheres é feito através de sustentação

– Prova de Títulos

Disponível apenas para os cargos de Delegado da Polícia Federal e Perito Criminal, os candidatos puderam apresentar os seguintes títulos:

Quadro de títulos do concurso da Polícia Federal

Resumo do Concurso da Polícia Federal

  • Concurso: Polícia Federal
  • Cargos: Vários
  • Remuneração: Varia conforme o cargo
  • Vagas: Cerca de 2 mil (de acordo com entrevista do Ministro da Justiça)
  • Banca Organizadora: A definir
  • Status: Solicitado

Confira tudo sobre o concurso PC PA!

Quer se preparar para o Concurso da Polícia Federal?

CURSO COMPLETO PARA DELEGADO DA POLÍCIA FEDERAL – 2020

O CURSO COMPLETO PARA DELEGADO DA POLÍCIA FEDERAL – 2020 é um curso extensivo de formação que oferece 213 horas de conteúdo atualizado, direcionado aos temas mais recorrentes para concursos de Delegado Federal do país. Este é o principal e mais completo curso do CERS.
O setor de inteligência do CERS Cursos Online fez uma análise minuciosa de todas as últimas provas para o concurso de Delegado Federal, para identificar os temas mais recorrentes em cada disciplina e formatar o conteúdo programático do curso de forma direcionada e proporcional ao que é exigido nos concursos.
O curso conta com os melhores professores especialistas na área, conhecidos em todo o país, como Eduardo Fontes, Márcio Alberto e Rodrigo Perin!
Clique aqui e saiba mais

0 Comentário
0

Notícias relacionadas

Deixe um comentário